Categoria: Agendamento INSS

Como fazer agendamento no INSS

Confira o passo a passo para fazer agendamento INSS

Os agendamentos no Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) servem para que os contribuintes possam solicitar os seus benefícios de maneira gratuita.

O órgão federal está instalado em regiões diversas do Brasil e os agendamentos são feitos pelo telefone ou usando uma plataforma especial chamada de Meu INSS. Aprenda agora como aproveitá-la.


Quais benefícios podem ser agendados no INSS?

O órgão é o que recebe os pedidos para auxílio saúde, pensão por morte e várias formas de aposentadoria.

Além de atender aos cidadãos que querem pedir esses benefícios, o INSS também avalia se cada solicitante está em condições de recebe-los, ou seja, se atendem a todos os critérios, como tempo de contribuição.

O auxílio saúde, por exemplo, é o benefício para a pessoa que está doente e que, por não poder trabalhar, precisa receber uma quantia mensalmente para manter a si e a sua família.

Já a pensão por morte é destinada às famílias que perderam o seu arrimo devido a acidentes ou doenças e que também passam a ser assistidas pela previdência.

As aposentadorias também podem ser pedidas no INSS, sendo elas para quem tem o devido tempo de contribuição, para quem já alcançou a idade necessária para se aposentar e para quem tem uma deficiência ou doença da qual não seja possível se recuperar.

Como fazer agendamento no INSS


Passo a passo para fazer agendamento no INSS

Os cidadãos que precisarem pedir benefícios à previdência social terão de se cadastrar antes no Portal Meu INSS.… Clique aqui para ler todas as informações

Como consultar agendamento no INSS

Confira o passo a passo para fazer consulta agendamento INSS

O atendimento virtual é uma das novidades que o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) implantou há um tempo.

Por meio dele, os contribuintes podem agendar perícias, por exemplo, além de solicitação de aposentadoria por idade e coisas dessa natureza.

Veja aqui como consultar um agendamento pelo site Meu INSS.


Agendamento de serviços no INSS

A pessoa que acessa o Meu INSS tem a oportunidade de agendar qualquer benefício ao qual tenha direito, inclusive pensão por morte e outros.

Destaca-se que fazer o agendamento pelo site não significa que o benefício previdenciário será automaticamente avaliado: na realidade, a pessoa ainda terá de se dirigir a uma agência física INSS, inclusive para levar os seus documentos.

Dentre os benefícios que o contribuinte pode agendar pelo Meu INSS estão:

Para alguns dos casos acima, o contribuinte não apenas terá de comparecer ao INSS para levar documentos como para ser avaliado pela perícia.

Se a pessoa que agendou não foi ao posto do instituto de seguridade social, precisará retornar ao Meu INSS para fazer um novo agendamento.

Como consultar agendamento no INSS


Como se cadastrar no Meu INSS

O cidadão só poderá fazer agendamentos por meio do Meu INSS se ele fizer um pequeno cadastro antes nesse site. Funciona assim:

Clique aqui para ler todas as informações

Como agendar salário maternidade no INSS

Confira o passo a passo para fazer o agendamento do salario maternidade inss

Todas as mulheres que se tornam mães têm um benefício previdenciário especial para elas, que é chamado de salário maternidade.

Ele é solicitado no Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e corresponde, geralmente, ao valor que estava em seu último comprovante de renda.

Saiba em quais situações a mulher pode pedir o salário maternidade e como agendar.


Para quem o salário maternidade é disponibilizado?

A maioria das pessoas acha que apenas as mulheres que passaram pelo parto podem pedir esse benefício, mas ele é pago a qualquer mãe:

  • Mulheres que tiveram aborto espontâneo;
  • Mulheres que deram à luz (não importando se foi no tempo planejado ou prematuro);
  • Mulheres cujo filho nasceu morto;
  • Mulheres que adotam.

Como se nota, todas as mulheres nas condições acima são consideradas mães e, devido a isso, podem pedir o salário maternidade.

Como agendar salário maternidade no INSS


Qual é a diferença entre licença maternidade e salário maternidade?

Ambos os benefícios são bastante parecidos no nome, mas em nada mais que isso.

A licença maternidade é um direito trabalhista no qual a mãe que adota ou que dá à luz fica até seis meses afastada do trabalho, com remuneração por todo esse período. Já o salário maternidade dura por bem menos tempo:

  • Para adoção, parto ou bebê nascido morto, o benefício é pago por quatro meses;
  • Para situações de aborto, ele é pago por quatorze dias.

Como agendar o salário maternidade no Meu INSS

O Meu INSS é um sistema digital completo com o qual os contribuintes agendam os seus benefícios previdenciários.… Clique aqui para ler todas as informações

Agendamento auxílio doença para doméstica no INSS

Confira as informações e saiba como fazer agendamento auxilio doença para doméstica no INSS

As trabalhadoras domésticas têm diversos direitos trabalhistas que poucos conhecem ainda: um deles é o auxílio doença.

Essa é uma segurança nos casos em que essa pessoa tem algum problema repentino de saúde, acidenta-se ou coisas semelhantes.

Entretanto, a solicitação do auxílio doença para empregadas domésticas tem certas especificidades e você fica sabendo delas neste texto.


Como funciona o auxílio doença?

Esse é um benefício trabalhista direcionado às pessoas que têm registro na carteira de trabalho.

Com ele, uma quantia mensal é paga ao trabalhador até que ele se recupere da sua condição de saúde e possa retomar o seu cargo, ou seja, a pessoa que recebe auxílio doença continua tendo vínculo empregatício e diz-se que ela está “afastada”.

Cabe salientar que o auxílio doença é pago temporariamente, ou seja, não é o mesmo que aposentadoria por invalidez.

Para garantir que a pessoa ainda está inapta para retornar ao serviço, o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) faz perícias constantes.

Agendamento auxílio doença para doméstica no INSS


Como agendar auxílio doença para doméstica no site Meu INSS

É o empregador quem precisa solicitar ao INSS esse benefício para a doméstica, e dá para fazer isso com o site Meu INSS. Veja abaixo como:

  • Acesse https://meu.inss.gov.br/central/#/agende-pericia;
  • Clique em “Agendar novo”;
  • Se preciso, clique em “avançado” e em “ir para Dataprev”;
  • Coloque o código captcha que a página mostrar;
  • Escolha uma unidade do INSS e o dia para a perícia.

Se a solicitação de auxílio doença já foi feita, mas a doméstica não puder comparecer, é preciso agendar uma prorrogação e isso é feito na página acima: é só clicar em “Agendar prorrogação” e fornecer o número desta, que estará no protocolo.… Clique aqui para ler todas as informações

Como agendar perícia médica INSS

Você precisa agendar pericia medica INSS? Confira os procedimentos e saiba como realizar o agendamento do jeito certo

A perícia médica é a maneira que o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) tem de atestar que o cidadão precisa de aposentadoria por invalidez ou de auxílio saúde.

Trata-se de um exame da própria pessoa (se for o caso) e dos laudos e receitas médicas que ela tenha, ocorrendo nas dependências do INSS.

Para passar por uma perícia, o contribuinte precisa fazer agendamento; entenda agora como.


Como fazer agendamento de perícia médica INSS pelo site MEU INSS

O site Meu INSS foi feito pela previdência social para que as solicitações de benefícios e de perícias fossem facilitadas.

Para agendar algo nessa plataforma, faça o seguinte:

  • Acesse https://meu.inss.gov.br/central/#/;
  • Clique em “Agende sua perícia”. Essa opção está na barra à esquerda e será preciso descê-la um pouco para ver;
  • Clique em “Agendar novo”;
  • Se um aviso surgir dizendo que a conexão não é particular, clique em “Avançado” e na opção “ir para o site Dataprev”;
  • Reproduza o código de segurança que a página apresentar;
  • Selecione o lugar onde quer fazer sua perícia médica e o dia;
  • Clique em “Avançar”.

Para quem já fez um agendamento de perícia no INSS, mas não pode comparecer, é só escolher “Agendar prorrogação” (a opção está abaixo de “Agendar novo”.

Faça o seguinte:

  • Coloque sua data de nascimento;
  • Forneça o número da solicitação (é o protocolo que o sistema da previdência fornece quando se dá entrada na solicitação de benefício);
  • Coloque seu CPF e seu nome completo;
  • Reproduza o código de segurança;
  • Selecione o lugar da perícia e o dia;
  • Clique em “Avançar”.
Clique aqui para ler todas as informações

Como fazer agendamento do pedido de pecúlio no INSS

Quer saber quem tem direito e como fazer o agendamento do pedido de pecúlio no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social)? Esse artigo vai tirar todas as suas dúvidas em relação ao assunto e ainda dará dicas de como proceder. Não perca tempo, informe-se e agende o seu atendimento.


Pecúlio: o que é e quem tem direito

O pecúlio era um direito que o trabalhador tinha quando se aposentava e continuava contribuindo para o INSS. Ao término definitivo de suas atividades empregatícias, o profissional era restituído pelo valor pago à Previdência.

Tal direito teve fim em abril de 1994. Entretanto, aos contribuintes que se aposentaram por idade ou tempo de contribuição, até a véspera da publicação da lei que extinguiu o benefício (Lei 8870/94), e voltaram a contribuir para a Previdência, continua garantido o recebimento do montante de contribuições, desde que este não tenha sido utilizado na aposentadoria.

Os beneficiários que se aposentaram por invalidez e voltaram a contribuir, bem como os herdeiros dos falecidos por acidente de trabalho até 20/11/1995, também têm esse direito. Estes são respaldados pela Lei 9129/95 e somente podem receber os valores se eles não tiverem sido usados em pensão por morte ou aposentadoria.

Pago em uma única parcela, o pecúlio tem valor atualizado desde o momento trabalhador encerrou as suas atividades. No entanto, para receber o pagamento, o contribuinte precisa agendar previamente o atendimento junto às agências do INSS.

O agendamento pode ser feito online ou por telefone, no Canal 135.… Clique aqui para ler todas as informações

Como fazer agendamento da Pensão por Morte no INSS

A Pensão por Morte é um benefício concedido pela Previdência Social aos dependentes de todo cidadão segurado do INSS que trabalhou em área urbana e que veio a falecer. Em alguns casos, como os de desaparecimento, os dependentes que apresentarem a declaração judicial de morte presumida também têm direito a receber o pagamento.

Como hoje em dia a internet é um facilitador na solução de algumas questões da Previdência Social, a solicitação da pensão pode ser feita online, e os documentos podem ser enviados pelos Correios (ou ser digitalizados). É uma forma mais simples, rápida e fácil de ingressar com o pedido.

Se você precisa agendar um horário para o atendimento de pensão por morte no INSS, acompanhe o passo a passo e veja os documentos que devem ser apresentados.


Agendamento de Serviços no INSS

Além da pensão por morte, o INSS disponibiliza diversos atendimentos que podem ser agendados com antecedência pelo site do órgão. Veja a relação:

Aeronauta Gestante – Auxílio-doença

⇒ Aposentadoria da pessoa com deficiência (idade)

⇒ Aposentadoria da pessoa com deficiência (tempo de contribuição)

⇒ Aposentadoria por idade (rural)

⇒ Aposentadoria por idade (urbana)

⇒ Aposentadoria por tempo de contribuição

⇒ Atualização de cadastro

⇒ Auxílio-reclusão

⇒ Benefício assistencial à pessoa com deficiência (microcefalia)

⇒ Benefício assistencial à pessoa com deficiência (microcefalia)

⇒ Benefício assistencial ao idoso

⇒ Benefício assistencial ao trabalhador portuário avulso

⇒ Cadastramento de declaração de cárcere

⇒ Certidão de tempo por contribuição

⇒ Cópia de processo

⇒ Devolução de documentos ou processos

⇒ Entrega de documentos de requerimento pela internet

⇒ Pecúlio

⇒ Pensão por morte (rural)

⇒ Pensão por morte (urbana)

⇒ Recurso

⇒ Recurso de benefício por incapacidade

⇒ Recurso para seguro-defeso (SDPA)

⇒ Revisão do benefício

⇒ Seguro-desemprego do pescador artesanal (defeso)

⇒ Simulação de tempo de contribuição e/ou renda inicial

⇒ Vista/carga de processos.… Clique aqui para ler todas as informações

Como fazer agendamento do Auxílio-Reclusão no INSS

O Auxílio-reclusão é um benefício destinado para os dependentes do cidadão que foi recolhido à prisão em regime semi-aberto ou fechado, e que não esteja mais recebendo remuneração do local em que trabalhava, nem algum outro benefício da previdência social, como aposentadoria, auxílio doença, entre outros.

Para que os dependentes possam fazer o agendamento do Auxílio-reclusão e, consequentemente, recebê-lo, é necessário que o segurado preso tenha contribuído para o INSS por pelo menos 24 meses, além de ter recebido um salário de contribuição menor ou igual a R$ 1292,43. Mesmo que o segurado não esteja trabalhando no momento da prisão, se ele preencher os requisitos acima, a família terá direito ao benefício.


Agendamento de Serviços no INSS

Além do Auxílio-reclusão, o INSS disponibiliza uma série de atendimentos que podem ser agendados com antecedência pelo site do órgão. Veja a relação:

Aeronauta Gestante – Auxílio-doença

⇒ Aposentadoria da pessoa com deficiência (idade)

⇒ Aposentadoria da pessoa com deficiência (tempo de contribuição)

⇒ Aposentadoria por idade (rural)

⇒ Aposentadoria por idade (urbana)

⇒ Aposentadoria por tempo de contribuição

⇒ Atualização de cadastro

⇒ Auxílio-reclusão

⇒ Benefício assistencial à pessoa com deficiência (microcefalia)

⇒ Benefício assistencial à pessoa com deficiência (microcefalia)

⇒ Benefício assistencial ao idoso

⇒ Benefício assistencial ao trabalhador portuário avulso

⇒ Cadastramento de declaração de cárcere

⇒ Certidão de tempo por contribuição

⇒ Cópia de processo

⇒ Devolução de documentos ou processos

⇒ Entrega de documentos de requerimento pela internet

⇒ Pecúlio

⇒ Pensão rural

⇒ Pensão urbana

⇒ Recurso

⇒ Recurso de benefício por incapacidade

⇒ Recurso para seguro-defeso (SDPA)

⇒ Revisão do benefício

⇒ Seguro-desemprego do pescador artesanal (defeso)

⇒ Simulação de tempo de contribuição e/ou renda inicial

⇒ Vista/carga de processos.… Clique aqui para ler todas as informações

Como fazer agendamento da Aposentadoria por Idade no INSS (pessoa com deficiência)

A aposentadoria é um direito de todo trabalhador, porém existem regras diferentes de acordo com a condição do cidadão. A aposentadoria por idade para pessoa com deficiência, por exemplo. tem algumas regras únicas e um tempo menor de contribuição. Esse é um benefício importante para quem tem limitações que impedem o reingresso no mercado de trabalho.

Para ter direito a este tipo de aposentadoria, o profissional precisa comprovar a deficiência e ter pelo menos 60 anos, para homens, e 55 anos, para mulheres. Também é preciso contribuir para a previdência por pelo menos 180 meses.

Como saber se você se enquadra na categoria de pessoa com deficiência? A legislação considera que qualquer um com impedimentos a longo prazo de qualquer natureza (mental, sensorial, intelectual ou física) se encaixa na definição. É claro que você também precisará comprovar a deficiência, algo que geralmente é feito com um laudo médico.


Agendamento de Serviços no INSS

O INSS disponibiliza uma série de atendimentos que podem ser agendados com antecedência pelo site do órgão. Confira a lista:

Aeronauta Gestante – Auxílio-doença

⇒ Aposentadoria da pessoa com deficiência (idade)

⇒ Aposentadoria da pessoa com deficiência (tempo de contribuição)

⇒ Aposentadoria por idade (rural)

⇒ Aposentadoria por idade (urbana)

⇒ Aposentadoria por tempo de contribuição

⇒ Atualização de cadastro

⇒ Auxílio-reclusão

⇒ Benefício assistencial à pessoa com deficiência (microcefalia)

⇒ Benefício assistencial à pessoa com deficiência (microcefalia)

⇒ Benefício assistencial ao idoso

⇒ Benefício assistencial ao trabalhador portuário avulso

⇒ Cadastramento de declaração de cárcere

⇒ Certidão de tempo por contribuição

⇒ Cópia de processo

⇒ Devolução de documentos ou processos

⇒ Entrega de documentos de requerimento pela internet

⇒ Pecúlio

⇒ Pensão rural

⇒ Pensão urbana

⇒ Recurso

⇒ Recurso de benefício por incapacidade

⇒ Recurso para seguro-defeso (SDPA)

⇒ Revisão do benefício

⇒ Seguro-desemprego do pescador artesanal (defeso)

⇒ Simulação de tempo de contribuição e/ou renda inicial

⇒ Vista/carga de processos.… Clique aqui para ler todas as informações

Como fazer agendamento da Aposentadoria por Idade INSS (urbana)

A Aposentadoria por Idade Urbana é um direito adquirido pelos trabalhadores do sexo masculino que atingiram a idade de 65 anos e trabalhadoras que chegaram aos 60 anos. No entanto, a idade por si só não assegura o direito. A exigência para ambos é ter atingido o mínimo de 180 contribuições mensais ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), ou seja, 15 anos.


Legislação da Aposentadoria por Idade

Esse tempo de 180 contribuições é a chamada carência. Ela é medida pela quantidade de pagamentos feitos em série, e tem por objetivo evitar fraudes e recebimentos indevidos. Cada caso, contudo, é avaliado de acordo com as suas particularidades, e o benefício é concedido de com base em legislação específica (Lei 8.213/91).

A regra é válida para quem teve a inscrição na Previdência Social feita até 25 de julho de 1991. Já os inscritos antes dessa data têm o tempo de contribuição diferenciado. Os dados para saber o tempo exato de contribuição necessário são abordados no artigo 142 da Lei 8.213/91. Ele aplica a chamada tabela progressiva, elaborada de acordo com o ano em que o cidadão atinge a idade mínima para receber o benefício, mesmo que o tempo de carência ainda não tenha passado.

Para se enquadrar no uso da tabela, a pessoa precisa ter contribuído com a Previdência Social ao menos uma vez antes da data estipulada (07/1991).


Agendamento de Serviços no INSS

Existem uma série de serviços do INSS que podem ser agendados com antecedência pelo site do órgão.… Clique aqui para ler todas as informações

Como fazer agendamento da Aposentadoria por Tempo de Contribuição no INSS

Após atingir um período de tempo contribuindo para a Previdência Social, o cidadão adquire o direito de solicitar a aposentadoria por tempo de contribuição. Para isso, é necessário contribuir por 35 anos, quando homem, e 30 anos, quando mulher (isso enquanto as regras das Reforma Trabalhista não entrarem em vigor).

Não existe idade mínima para ter acesso a esse benefício, basta ter contribuído para a Previdência pelo tempo determinado. Também é preciso ter trabalhado por pelo menos 180 meses para garantir a carência.

Você se enquadra nesses pré-requisitos e gostaria de dar entrada no pedido de aposentadoria? Continue lendo para aprender o passo a passo detalhado do agendamento no site do INSS.


Agendamento de Serviços no INSS

Existem uma série de serviços do INSS que podem ser agendados com antecedência pelo site do órgão. Veja a relação completa:

Aeronauta Gestante – Auxílio-doença

⇒ Aposentadoria da pessoa com deficiência (idade)

⇒ Aposentadoria da pessoa com deficiência (tempo de contribuição)

⇒ Aposentadoria por idade (rural)

⇒ Aposentadoria por idade (urbana)

⇒ Aposentadoria por tempo de contribuição

⇒ Atualização de cadastro

⇒ Auxílio-reclusão

⇒ Benefício assistencial à pessoa com deficiência (microcefalia)

⇒ Benefício assistencial à pessoa com deficiência (microcefalia)

⇒ Benefício assistencial ao idoso

⇒ Benefício assistencial ao trabalhador portuário avulso

⇒ Cadastramento de declaração de cárcere

⇒ Certidão de tempo por contribuição

⇒ Cópia de processo

⇒ Devolução de documentos ou processos

⇒ Entrega de documentos de requerimento pela internet

⇒ Pecúlio

⇒ Pensão rural

⇒ Pensão urbana

⇒ Recurso

⇒ Recurso de benefício por incapacidade

⇒ Recurso para seguro-defeso (SDPA)

⇒ Revisão do benefício

⇒ Seguro-desemprego do pescador artesanal (defeso)

⇒ Simulação de tempo de contribuição e/ou renda inicial

⇒ Vista/carga de processos.… Clique aqui para ler todas as informações

Como fazer agendamento da Aposentadoria por Idade no INSS (Rural)

A aposentadoria do trabalhador rural  no INSS é voltada para todo aquele que presta serviços na zona rural, seja para empregadores, em prédios rústicos ou em propriedade rural, ou até índios, mesmo que tenha sido pago em bens ou serviços.

Ela é disponibilizada para aqueles que, além de comprovarem a atividade, tenham no mínimo 60 anos, para homens, ou 55 no caso de mulheres. O benefício possui o valor de um salário mínimo, que será oferecido durante quinze anos.

Para que um trabalhador rural tenha sua aposentadoria rural, é necessário que este tenha vínculos empregatícios com alguma empresa ou propriedade da zona rural, ou seja, um próprio produtor agropecuário.

Além disso, é preciso comprovar tal atividade, mesmo que descontínua, durante o tempo mínimo de 180 meses. A comprovação do trabalho rural é regulamentada e pode ser conferida através do artigo 143 da lei n° 8.213 de 1991.


Agendamento de Serviços no INSS

Existem uma série de serviços do INSS que podem ser agendados com antecedência pelo site do órgão. Veja a relação completa:

Aeronauta Gestante – Auxílio-doença

⇒ Aposentadoria da pessoa com deficiência (idade)

⇒ Aposentadoria da pessoa com deficiência (tempo de contribuição)

⇒ Aposentadoria por idade (rural)

⇒ Aposentadoria por idade (urbana)

⇒ Aposentadoria por tempo de contribuição

⇒ Atualização de cadastro

⇒ Auxílio-reclusão

⇒ Benefício assistencial à pessoa com deficiência (microcefalia)

⇒ Benefício assistencial à pessoa com deficiência (microcefalia)

⇒ Benefício assistencial ao idoso

⇒ Benefício assistencial ao trabalhador portuário avulso

⇒ Cadastramento de declaração de cárcere

⇒ Certidão de tempo por contribuição

⇒ Cópia de processo

⇒ Devolução de documentos ou processos

⇒ Entrega de documentos de requerimento pela internet

⇒ Pecúlio

⇒ Pensão rural

⇒ Pensão urbana

⇒ Recurso

⇒ Recurso de benefício por incapacidade

⇒ Recurso para seguro-defeso (SDPA)

⇒ Revisão do benefício

⇒ Seguro-desemprego do pescador artesanal (defeso)

⇒ Simulação de tempo de contribuição e/ou renda inicial

⇒ Vista/carga de processos.… Clique aqui para ler todas as informações