Como fazer agendamento na Receita Federal

Confira todos os procedimentos para fazer agendamento Receita Federal

A Receita Federal brasileira tem muitos serviços para as empresas e as pessoas físicas do país.

Sendo o órgão que costuma ficar à frente das finanças do governo, ele tem atendimentos presenciais e faz agendamentos para eles via seu site.

Saiba neste texto que tipo de serviços podem ser agendados com a Receita Federal e como fazer esse tipo de agendamento.


Quais tipos de agendamentos a Receita Federal oferece?

A página desse órgão tem um número bem alto de serviços que podem ser agendados pela sua página eletrônica. São eles:

  • Confirmar autenticidade de Certidão de Regularidade Fiscal;
  • Consultar Compensações de Ofício;
  • Autorizar acessos de dispositivos;
  • Averbar causa suspensiva;
  • Apresentar manifestação de inconformidade;
  • Alterar dados bancários para ressarcimento;
  • Simples Nacional;
  • Regimes e Registros Especiais;
  • Pagamentos e parcelamentos;
  • Dívida Ativa da União;
  • Cobrança e fiscalização;
  • Cadastros;
  • Senhas;
  • Procuração;
  • Legislação;
  • Declarações e demonstrativos e muito mais.

A lista completa de todos os serviços que a Receita Federal tem pode ser conferida aqui.

Como fazer agendamento na Receita Federal


Passo a passo para fazer agendamentos na Receita Federal

Os brasileiros podem agendar os serviços da Receita Federal de acordo com a categoria. As orientações para o caso de quem ter DIRP retida em malha fiscal são as seguintes:

  • Acessar o site da Receita;
  • Selecionar “Declaração IRPF”;
  • Selecionar o exercício, localizada em “Serviços”, e depois clique em “Pendências”.

O agendamento pode ser referente aos serviços presenciais também: a pessoa jurídica ou física marca um horário e depois vai até a Receita Federal na data agendada. Nesse caso:

  • Acessa-se este link;
  • Escolhe-se entre CNPJ e CPF;
  • Coloca-se a data de nascimento e o documento correspondente ao CNPJ ou CPF;
  • Clica-se em “Não sou um robô”;
  • Clica-se em “Avançar” para escolher os demais dados do atendimento.

Documentos necessários para o atendimento na Receita Federal

Para o atendimento nos postos da Receita Federal é necessário providenciar certos formulários. Eles são disponibilizados pelo próprio órgão, tais como:

  • Processos;
  • Isenção e suspensão;
  • Simples Nacional;
  • Imposto de renda para pessoa jurídica e física;
  • Restituição, compensação, ressarcimento e reembolso;
  • Imóvel rural;
  • Regimes especiais;
  • Cadastro e certidão negativa;
  • Previdência;
  • Aduana e comércio exterior;
  • Pagamentos e parcelamentos.

O brasileiro pode ver todos esses formulários e preencher aquele relacionado ao seu atendimento aqui. Clicando em uma das categorias, diversas opções de formulários serão liberadas.


O que fazer se não for possível realizar o agendamento na Receita Federal?

É difícil que os cidadãos tenham dificuldade para agendar no site da Receita Federal porque as opções são bastante claras, além de todos os documentos relevantes, como os formulários a ser preenchidos, estão assinalados como “arquivo”, inclusive com a data da sua última alteração.

Em todo caso, a Receita Federal atende aos cidadãos que não conseguem agendar algo, tendo até um número de telefone especial: o 146.

Com o Fale Conosco, as pessoas jurídicas e físicas podem entrar em contato com a Receita Federal para fazer denúncias, reclamações, elogios ou dar sugestões.

O contato para quem tem dúvidas, inclusive referentes sobre o agendamento, também pode ser realizado nas unidades ou até usar a Ouvidoria; esta é recomendada quando o cidadão tem alguma circunstância mais grave a resolver.

Aliás, na parte da Ouvidoria, a Receita Federal libera área para que se faça manifestação e tem também material de orientação.


Quais são as unidades da Receita Federal que fazem agendamentos?

Cidades de várias partes do país têm postos para o atendimento em se uma delas não tiver, é só o cidadão recorrer ao município mais próximo.

Confira abaixo alguns dos ligares brasileiros onde se pode ser atendido presencialmente:

  • Adelândia;
  • Aliança do Tocantins;
  • Alto Paraíso de Goiás;
  • Brejinho de Nazaré;
  • Campo Novo do Parecis;
  • Chapada da Natividade;
  • Estrela do Norte;
  • General Carneiro;
  • Lagoa da Confusão;
  • Monte do Carmo;
  • Ouro Verde de Goiás;
  • Peixoto de Azevedo;
  • Pindorama do Tocantins;
  • Professor Jamil;
  • Rio da Conceição;
  • Santa Fé do Araguaia e mais.

Dicas para quem faz agendamento na Receita Federal

Os agendamentos desse tipo podem ser bastante concorridos e, dessa forma, o cidadão deve evitar perde-los.

Para isso, ele deve começar providenciando todos os formulários que forem exigidos para o atendimento usando o passo a passo citado neste texto: chegar à Receita Federal sem os documentos apropriados fará com que o agendamento seja perdido.

As pessoas que precisarem agendar com esse órgão devem prestar atenção ao navegador: é sempre preferencial que exista a criptografia.

A terceira dica é que os cidadãos que agendam com a Receita Federal usem sempre um dos links fornecidos aqui e nenhum que seja de sites não oficiais.

Como fazer agendamento na Receita Federal


O que acontece se o cidadão não comparecer na data agendada?

As pessoas jurídicas e físicas que fazem agendamentos não podem faltar duas vezes em três meses. Se isso acontecer, o órgão impedirá que elas façam novos agendamentos por um mês.

Por isso é sempre recomendado manter um procurador que possa comparecer no caso de o titular da solicitação estar impossibilitado.

Como fazer agendamento na Receita Federal
5 (100%) 1 voto